Skip to content

Aspectos, costumes e religião únicos da raça humana

03/24/2012

A humanidade tem apenas uma origem, um tronco comum. Assim, existe características comuns a todos os seres humanos. Algumas características nestes animais são morfológicas, como o caminhar em duas patas posteriores através de movimentos pendulares utilizando os membros superiores que se movimentam para lhe dar sustentação já que aboliram os rabos. Esta é uma característica bem evidente, assim como a comunicação verbal e a observação através da visão, seu mais eficaz meio de percepção, embora não seja capaz de enxergar com pouca luz, o que faz os humanos e os primatas seres diurnos.

Partindo para a comunicação, Uma outra características é a estrutura de comunicação, que possui um sujeito, um objeto, uma ação (verbo) e adjetivos que identificam o sujeito e o objeto. Todas as línguas possuem esta mesma estrutura, variando apenas a posição que ocupa em uma sentença.

Comportamentos também são comuns à raça humana, que possui, em sua estrutura social, líderes e liderados que seguem o líder de um grupo que pode variar de alguns indivíduos a milhares deles. Estes grupos são anatagônicos e estão sempre disputando algo entre sí, chegando à autodestruição e se submetendo ao auto extermínio na defesa da coisa disputada, que pode ser alimento, como os demais animais ou coisas totalmente abstratas e sem sentido como a interpretação de um fato, coisa que só os animais da raça humana faz.

Entre a interpretação de fatos, está a religião, também comum a todos os animais da raça, que acredita em um ser divino e superior, criador universal e outros seres, também divinos que o auxiliam ou atrapalham no governo do universo. Este conceito é muito claro nas chamadas religiões hindús, as mais antigas e que sintetizam todas as demais religiões da humanidade, onde existe Brahma, o todo, e as suas mais diversas manifestações, também divinas, que compõem o universo povoado de seres bons e máus. Esta poderia ser chamada a síntese das crenças da raça humana. E o próprio hinduísmo aceita isto e respeita todas as demais crenças, que são manifestações de Brahma, que está presente em tudo o que existe, tanto no campo material como imaterial. Daí a índole pacífica indú. Outras religiões têm esta mesma característica para explicar o que a raça humana não é capaz de explicar.

Já dissemos que a interpretação de fatos geram disputas entre os animais pertencentes a grupos da raça humana. Alguns mais que outros. Entre os mais intolerantes, temos os cristãos, descendentes e dissidentes de um pequeno e inexpressivo grupo chamado judeus, que certamente ficarão furiosos com minha análise por acreditarem que só o cristianismo explica os fatos do universo, o passado, o presente e o futuro da raça humana. Este hoje numeroso grupo, inclusive, produz a destruição de crentes da própria religião por divergência de detalhes subjetivos de interpretação de seus próprios dogmas.

Explicando melhor, para os cristãos, sua própria crença:
Dissemos acima que a raça humana acredita que existe um ser divino e superior criador de tudo. Os cristãos também acreditam: é Deus. Dissemos também que a raça humana acredita em outros seres divinos que auxiliam ou atrapalham esta divindade maior na condução dos destinos do universo. Os cristãos, embora se autodenominem monoteístas, o são na mesma proporção das demais religiões, pois têm uma hirarquia de deuses, onde está Deus, seu filho, ao qual chamam Jesus e um ser pouco compreendido por eles mesmos chamado de Espírito Santo. Além destes seres divinos e subjetivos, têm os anjos, que são semideuses que existem desde o judaísmo e que são mensageiros do próprio ser supremo, que podem ser bons ou máus, como o chamado Demônio, que foi um anjo de acordo com a propria tradição judaico-cristã.

Como vemos, o ser humano é um só, com a mesma estrutura morfológica, uma mesma forma de se expressar e uma mesma crença que explica fatos inesplicáveis para eles.
Me digam agora porque existe a autodestruição à raça humana se somos um só?

Anúncios

From → Sociedade

6 Comentários
  1. Thais M. permalink

    uma ligeira correção: “existe ou existem”?

    • erickfigueiredo permalink

      A autodestruição existe. O erro está em “a raça humana”, que deveria ter sido craseado, pois se trata de conjunção.
      Se você está se referindo ao primeiro parágrafo, “têm” está errado, pois deveria estar no singular. Da mesma forma que no último, existe seria a forma correta, pois se refere justamente à raça humana.
      Obrigado pela revisão, não tinha notado a falha ora corrigida.

  2. joselitobortolotto permalink

    Simples ….podemos ter a mesma estrutura, o mesmo embrião, mas cientificamente está provado que o meio molda das pessoas, então, na verdade somos fruto do nosso meio …. então, logo, completamente diferentes, as vezes podemos até ser mais iguais a um “marciano” do que nosso próprio vizinho …

    • erickfigueiredo permalink

      Muito bem observado. Mas prefiro creditar que um dia vamos evoluir e cooperar mais para uma uniformidade com tolerância e boa convivência.
      Obrigado pela visita e comentário.

  3. JOAO GILBERTO BATITA DE LIMA permalink

    SOY
    MUI GATO

  4. Ainda somo animais. Por vezes parecemos mais animais do que os animais. A evolução avançará mais rapidamente quando o sistema econômico encontrar maneira de incentivar a solidariedade, a cooperação, a sustentabilidade, ou quando encontrarmos maneira de abolir qualquer necessidade de sistema econômico. A exclusão e competição geram a autodestruição. A competição e exclusão estão garantidas nos mecanismos políticos/econômicos/administrativos atuais.
    Excelente texto !
    Newton Almeida http://www.newtonalmeida.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: