Skip to content

Vazamento em Campos – Ações e Reações necessárias

11/19/2011

Vazamento de petróleo a 1.200 metros de profundidade e de 3.700 barris por dia (595 litros) com uma mancha de 2.400 quilômetros quadrados. Mas mesmo assim considerados de pequena monta. Segundo as últimas notícias, já controlado e com a fissura fechada.

Estão sendo investigadas as causas, que pode estar ligada na “economia” de recursos aplicados às plataformas obsoletas e onde, se acreditam, houve perfurações acima do permitido. Os responsáveis serão indiciados, punidos e o episódio será encerrado.

Não podemos permitir que seja encerrado o episódio, pois a exploração, principalmente por empresas privadas, continua. Este pode ser apenas um episódio se as autoridades não tiverem uma fiscalização eficaz e não houver um plano nacional para contenção de vazamentos de qualquer proporção. Como constatamos acima, esta avaliação é muito relativa, pois a extensão de um vazamento considerado “pequeno” é muito grande e atinge a fauna e a flora marinha e, dependendo das marés e dos ventos, também a do litoral.

As autoridades que cuidam do meio ambiente garantem que existe um projeto sobre ações de fiscalização e de reação contra vazamentos na exploração de petróleo. O problema é que não é de conhecimento público e que não foi ainda votado.

A sociedade deve cobrar das autoridades regras claras e divulgação das ações de prevenção, correção e punição dos culpados por acidentes e crimes ambientais.

Leia mais sobre o assunto e opine em BBC e IG

Anúncios

From → Sociedade

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: