Skip to content

Remessa de dividendos – ou saqueadores do povo

02/08/2010

FHC em charge de Bira

Está no Estadão de hoje:

As empresas brasileiras nunca pagaram tantos dividendos a seus acionistas como em 2009. É o que revela um estudo realizado pelo Instituto Assaf, obtido com exclusividade pelo Estado. Criada em 2000, a instituição é fruto de uma parceria do economista Alexandre Assaf Neto, autor de diversos livros na área de finanças, com a M/Legate, companhia voltada para soluções empresariais.

O levantamento mostra que, no ano passado, foi pago, em média, R$ 1,28 por ação no País, valor 52% superior ao de 2008. Trata-se, também, do maior montante desde o início da pesquisa, em 1996. “Os caçadores de dividendos riram à toa em 2009”, resume Fabiano Guasti Lima, consultor do Instituto Assaf, responsável pela compilação e organização dos dados, obtidos na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Segundo ele, três fatores explicam os números do ano passado. O primeiro deles está relacionado à crise. “Muitas empresas deixaram de investir e destinaram mais dinheiro para dividendos”, diz. Ele também destaca a melhora da governança e da lucratividade. Por fim, cita a “guerra” entre as companhias para ver “quem paga mais”.

De acordo com o levantamento, os setores da economia que mais distribuíram proventos em 2009 foram os de telecomunicações, com média de R$ 17,88 por ação, e energia elétrica, com R$ 10,95. A maioria dessas empresas não investe, não tem dívida de curto prazo e geralmente reverte quase todo o lucro em bonificações.

Tudo isto mostra quão preocupados estão os opositores neoliberais privativistas que querem tomar o poder com apoio da mídia, da burguesia e de pobres inocentes que querem parecer burgueses. A sanha privatizante mostra a falta de compromisso com a nação e o povo brasileiro, desviando recursos para fora do país. E transforma em bravata e falácia o artigo de Fernando Henrique neste final de semana, prejudicando ainda mais a situação da oposição, já que os principais remetentes são justamente as empresas privatizadas.

Veja também excelente artigo do Gilson Caroni Filho no Carta Maior.

Anúncios

From → Sociedade

6 Comentários
  1. Olá, Erick!

    Isso também reflete os altos lucros que as corporações brasileiras obtêm a cada ano, veja os lucros astronômicos que os bancos e outras empresas anunciam todos os anos, chegam a bilhões de dólares.

    Muitas das empresas que hoje apresentam lucros gigantescos eram empresdas públicas que foram vendidas à iniciativa privada por um preço extremamente baixo e com financiamento de dinheiro público.

    Abraços

    Francisco Castro

    • erickfigueiredo permalink

      Pois é, Francisco… É muito triste ver esta situação. Dinheiro público se transformando em lucros remetidos para o exterior.
      Obrigado pelo comentário.

  2. LISONN permalink

    Saudações!
    Que Post Fantástico!
    AMIGO ERICK,
    Para o seu amigo aqui, não é mais surpresa. Bem, isso é o que foi retratado e as demais que dominam nichos que valem ouro?
    É o samba de remessas tudo dentro da (i) legalidade.
    Pensemos Nisso!
    Parabéns pelo Post!
    Abraços,
    LISON.

    • erickfigueiredo permalink

      Obrigado, Lison você sempre acertando na mosca. Forte abraço.

  3. Erick, mto bem abordado.
    As remessas de divisas devem ser bem fiscalizadas,sempre. Sobre as empresas, o capital externo fomenta os investimentos e aumenta confiança no país.
    Abç, amigo.

    • erickfigueiredo permalink

      O que não se pode é entregar de graça – ou quase isto – riquezas estratégicas tornando o Brasil dependente da inciativa privada, que só visa o lucro.
      O capital estrangeiro é bem vindo e ajuda no desenvolvimento do país trazendo empregos e tecnologia.
      Muito bem abordado é a fiscalização nas remessas.
      Obrigado pelo valioso comentário que só acrescentou ao post publicado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: