Skip to content

Mobilização pede compromisso de líderes mundiais no combate à pobreza

10/17/2009

Abaixo transcrevo excelente artigo publicado pelo sitio Adital

fomeA fome e a pobreza ainda são os maiores problemas mundiais. Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), já são 1,02 bilhões de pessoas que passam fome no mundo. Por dia, são 50.000 pessoas que morrem em decorrência da pobreza extrema. Por conta disso, a Plataforma Aliança Espanhola realiza, hoje (16), em Madri, Espanha, uma mobilização contra a pobreza.

A manifestação acontecerá a partir das 18h (14h, horário de Brasília), na Plaza de Cibeles, de onde seguirá até a praça Puerta del Sol. O ato faz parte da mobilização que acontece, desde o início desta semana, em mais de 40 cidades sob o lema: “Una promesa no alimenta. Rebélate contra la pobreza”.

A Semana Contra a Pobreza surgiu para chamar a atenção dos líderes mundiais para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), estabelecidos em 2000 por chefes de Estados durante uma reunião na ONU. Apesar dos representantes terem assinado o compromisso de melhorar a situação no mundo, muitos desses objetivos não serão alcançados no prazo estabelecido. O primeiro deles, por exemplo, – que estabelece a redução da pobreza pela metade até 2015 – ainda segue sem estimativa de cumprimento.

A miséria e a má distribuição de renda ainda são recorrentes em várias partes do mundo. Prova disso é que cerca de um bilhão de pessoas vive com menos de um dólar por dia. Os números revelam não só que a fome e a pobreza não diminuíram, mas também a falta de compromisso dos países desenvolvidos em ajudar financeiramente as nações pobres e em desenvolvimento.

De acordo com o Grupo de Trabalho sobre a defasagem na conquista dos ODM para 2015, há uma diferença significativa entre os recursos prometidos pelos países membros do G-8 e os efetivamente repassados aos países pobres. O Programa Mundial de Alimentos (PMA) também acredita que o elevado número de pessoas passando fome e em situação de miséria deve-se, em parte, à falta de ajuda internacional.

Segundo o Programa, dos 6,7 bilhões de dólares previstos para ajudar neste ano as pessoas em situação de pobreza, o PMA conseguiu o apoio financeiro para somente 2,6 bilhões de dólares. “As contribuições recebidas apenas cobrem um terço da parte do dinheiro que se necessita para alimentar as pessoas mais vulneráveis do mundo”, afirma o organismo.

Essa redução no orçamento do programa gera consequências diretas para as pessoas beneficiadas. No Quênia, por exemplo, onde há mais de quatro milhões de africanos famintos, o PMA já reduziu a quantidade de alimentos. Na Guatemala, o programa Vitaceral, que proporciona alimentos a 100.000 crianças e 50.000 grávidas e lactantes, pode ser paralisado por conta da falta de recursos.

Isso porque, de acordo com o organismo internacional, o nível de ajuda atualmente é um dos mais baixos dos últimos 20 anos. O pouco investimento em ajuda é, provavelmente, efeito da crise econômica mundial. “Resolver esta mesma crise alimentar custaria menos de 0,01% do dinheiro injetado no mercado para resgatar as empresas da crise financeira mundial” comenta.

Anúncios

From → Sociedade

6 Comentários
  1. Saudações!
    Amigo Erick
    Excelente Matéria!
    Que bom que acontece esse movimento, talvez sensibilizem as grandes potencias mundiais a honrarem seus compromissos assinados.
    Quando terminei de ler o artigo, confesso que fiquei com o coração em frangalhos, dado a relevância e as verdades expostas, são nesses momentos que precisamos ter muito equilíbrio, pois, surgem pensamentos os mais diversos, tudo com objetivo de realizar um feito para viabilizar possibilidades de estender a mão ao próximo.
    Excelente artigo!
    Parabéns pelo Post!
    Abraços!
    LISON.

  2. Salve, Confrade!
    Deve-se dizer,a bem da verdade que, toda e qualquer iniciativa visando a diminuição – quando não a erradicação – da imensurável penúria que abate o ser humano á mais baixa condição inimaginável; A MISÉRIA! Esta imensa e horripilante escara purulenta que revela de maneira horripilante, o nosso acintoso desrespeito contra Deus – maravilhoso e amoroso autor da mais bela criatura terrena a saber, O HOMEM! – e o nosso cruel sadismo contra o nosso semelhante…!!! Sim, porque não existe nenhuma única justificativa para a existência fétida e repugnante da MISÉRIA; esta mesma gerada apenas pela simples razão de ser do acúmulo e da mesquinha concentração de riquezas, nas garras aduncas dos que detêm o poder (seja ele político, religioso, fianceiro, ou qualquer outro titulo que lhe confiram).
    Toda a produção humana de bens, serviços e materiais gerados pelo homem, é em muito, mais que suficiente para eliminarmos muitas vezes de nossa “sociedade moderna”, essa horrenda mácula que nos coloca – como corpo coletivo – inferiores aos animais ditos “IRRACIONAIS”! Todos os concílios, conchavos e os públicos e pomposos acordos mundiais com os quais nossos representantes oficializam as suas intelectualizadas promessas, são apenas uma tênue e debochada cortina de fumaça sobre os olhos tristes e moribundos dos que de tais ações necessitam desesperadamente; pois, o decorrer de toda a nossa história como sociedade organizada nos tem provado tão-somente uma verdade: NÓS NÃO NOS IMPORTAMOS!!!!!!
    Perdoe-me, por favor, a acidez de minha franqueza, mas, eu tenho um compromisso sagrado com a verdade que está dentro de meu íntimo…
    Meus sinceros parabéns por nos trazer à meditação, um assunto tão crucial!
    O Cavaleiro Virtual lhe deixa tudo o que houver de melhor em sí!
    Este sempre teu Confrade: Max Costa

    • erickfigueiredo permalink

      Muito obrigado pelo arrazoado comentário que enriquece o post. Abraços fraternos.

  3. Oi Erick, concordo com o Lison…
    acho muito bacana essa sua iniciativa em divulgar esse acontecimento….
    abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: