Skip to content

Luz no fim do túnel: Zelaya pode ser reintegrado no governo de Honduras

10/04/2009

hondirasflag

Enviado especial da BBC Brasil a Tegucigalpa – A principal associação de empresários de Honduras propôs a criação de uma força de paz internacional para monitorar a transição de poder no país, o retorno à Presidência do líder deposto, Manuel Zelaya, e a realização das eleições presidenciais marcadas para o dia 29 de novembro. 

Adolfo Facussé, presidente da Associação Nacional de Industriais de Honduras, formada por mais de 800 grandes e médias empresas hondurenhas, afirma, no entanto, que a proposta não contempla o Brasil. 

“O Brasil não entraria, não por ter feito algo errado, mas por conta do problema com a Embaixada. Só entrariam os países que permaneceram neutros no conflito, como Canadá, Panamá e Colômbia”, disse Facussé, em entrevista à BBC Brasil. 

A embaixada do Brasil na capital hondurenha, Tegucigalpa, abriga desde o dia 21 de setembro o presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya. 

O líder eleito hondurenho foi afastado do poder em 28 de junho e obrigado a embarcar para a Costa Rica. O argumento para depor Zelaya foi que a proposta dele de uma consulta popular sobre a criação de uma Constituinte, que discutiria a reformulação da Constituição do país.


A carta consitucional de Honduras proíbe tais consultas. E os militares do país se negaram a colocar o pleito em prática. A ação de Zelaya foi vista como uma manobra para que ele pudesse alterar a Constituição e concorrer a um segundo mandato.

A notícia acima está publicada no jornal O Estado de São Paulo, que insiste na mentira (conforme já publiquei nesta página – clique aqui para ver) de que a constituição hondurenha proíbe consultas populares, pois no artigo 5º da constituição hondurenha (veja aqui a Constituição de Honduras) está escrito:

ARTICULO 5.- El gobierno debe sustentarse en el principio de la democracia participativa del cual se deriva la integración nacional, que implica participación de todos los sectores políticos en la administración pública, a fin de asegurar y fortalecer el progreso de Honduras basado en la estabilidad política y en la conciliación nacional.

A efecto de fortalecer y hacer funcionar la democracia participativa se instituyen como mecanismos de consulta a los ciudadanos el referéndum y el plebiscito para asuntos de importancia fundamental en la vida nacional.

Una ley especial aprobada por dos terceras partes de la totalidad de los diputados del Congreso Nacional, determinará los procedimientos, requisitos y demás aspectos necesarios para el ejercicio de las consultas populares. El referéndum se convocará sobre una Ley Ordinaria o una norma constitucional o su reforma aprobadas para su ratificación o desaprobación por la ciudadanía.

El plebiscito se convocará solicitando de los ciudadanos un pronunciamiento sobre aspectos constitucionales, legislativos o administrativos, sobre los cuales los Poderes Constituidos no han tomado ninguna decisión previa.

De qualquer forma, com ou sem manutenção de mentiras, se verídica a notícia da solicitação de Roberto Micheletti, podemos dizer que estamos no fim da crise.

Anúncios

From → Sociedade

4 Comentários
  1. fim de crise é sempre bom…mas, acho que os brasileiros precisam ficar mais voltados para as suas crises (que não são poucas) do que nas dos outros paises….
    abs

    • erickfigueiredo permalink

      Não vejo desta forma: precisamos defender a democracia tão duramente conquistada na américa latina. Mas respeito a tua opinião. Obrigado pelo comentário.

  2. O pig continua confundindo e desinformando. Vamos esperar que o acordo seja concretizado e esse valente povo hondurenho tenha sua democracia de volta.
    abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: